SAGRADA ESPERANÇA ENSAIA ESTRATÉGIA PARA A RECEPÇÃO DO ROYAL LEOPARD ESWATINI

O campeão nacional em título, Sagrada Esperança da Lunda
Norte, realizou nesta quarta-feira, no estádio dos
Coqueiros, em Luanda, mais um ensaio para o jogo da
primeira mão, da segunda e última eliminatória de acesso à
fase de grupos da Liga dos campeões da CAF.
O ensaio, de hora e meia, realizado esta tarde frente ao
Progresso do Sambizanga, serviu para suprir a escassez de
jogos, uma vez que a equipa não jogou, no fim de semana,
para o Girabola pelo facto de ceder três jogadores à
selecção nacional que disputou a dupla jornada de
apuramento ao mundial de Catar, em 2022.
Com uma juventude desinibida e bastante laboriosa, os
sambilas ofereceram uma boa resposta ao representante
angolano nas afro-taças, que revelou pouca mobilidade no
miolo do terreno e dificuldades nas transições ofensivas e
defensivas, fruto de maior combatividade dos progressistas.
Um empate a uma bola foi o resultado da primeira metade
do treino, tendo o Progresso marcado primeiro, aos 10
minutos, num contra-golpe rápida pelo flanco esquerdo,
com o cruzamento e finalização no segundo poste, do
guarda-redes Gerson. Os comandados do Roque Sapiri
repuseram a igualdade, também numa jogada flanqueada
pela direita, com o cruzamento de Karanga para Depú
finalizar sem dificuldades.
Na segunda metade, com o segundo grupo em campo,
constituído maioritariamente por jogadores titulares, a
equipa, com maior mobilidade, circulou melhor a bola, criou
linhas de passe, entretanto, faltava o jogador que pudesse
definir melhor e com qualidade o último passe para a
finalização.

No grupo de trabalho, destaque para os regressos de
Karanga (jogador mais utilizado) e Manguxi que, depois de
ausentes por questões de saúde, trouxeram outra
vivacidade e capacidade ofensiva à equipa.
No treino desta quarta-feira, com o plantel quase completo,
o Roque Sapiri, saiu de início com Gerson à baliza, quarteto
defensivo formado por Karanga, Simão, Messias e Muenho;
No meio-campo com Água Doce, Carlinho e Celso, ao passo
que no ataque alinharam Matengó, Adó Pena (Valente) e
Depu.
O segundo grupo que fez a etapa complementar foi
formado por Leonardo (guarda-redes) que voltou a ser
substituído por Gerson; defesas, Karanga, Lula, Simão
(Gaspar) e Lomalissa;
Médios: Messias (Vitoriano), Aníbal (Reginó) e Manguxi;
Na frente de ataque, estiveram Luís Tati, Depú (Cachi) e Jô
Paciência.
Única baixa de relevo, até ao momento, continua a ser do
guarda-redes Langanga recuperar de uma lesão na virília.

Leave a Reply

Precisas de ajuda?
Enviar via WhatsApp